Eis aqui um lugar para falarmos sobre questões pouco circuladas fora das universidades. A antropologia faz parte da nossa maneira de compreender o mundo. Nosso desejo é levar reflexões dessa disciplina para pessoas que ainda não a conhecem, ou para aquelas que, se já a conhecem, possam nos ajudar a pensar em outras formas de comunicá-la. Nesse primeiro programa, falamos um pouco sobre o que é a antropologia e sobre como ela pode nos ajudar a pensar nosso cotidiano.

CONTATO
selvageriaspodcast@gmail.com

CRÉDITOS E AGRADECIMENTOS
Roteiro: Beatriz Braga, Lucas Lippi e Tainá Scartezini.
Revisão e locução: Beatriz Braga, Lucas Lippi, Tainá Scartezini, Frederico Sabanay e Mateus Bravin.
Edição de som: Frederico Sabanay, Mateus Bravin e Leonardo Fuzer.

Para este episódio, entrevistamos as professoras Fernanda Arêas Peixoto (USP) e Marina Vanzolini (USP). Agradecemos imensamente suas participações nessa etapa inicial.

Este programa conta com o apoio do Lisa (Laboratório de Imagem e Som em Antropologia) e da Pró-reitoria de Graduação da Universidade de São Paulo.

Litogravura – Alex Cerveny

REFERÊNCIAS
A frase de abertura, “só nos interessa o que não é nosso”, foi retirada do ​Manifesto Antropofágico,​ escrito por Oswald de Andrade em 1928.

LÉVI-STRAUSS, Claude. O pensamento selvagem.

VIVEIROS DE CASTRO, Eduardo; HOLBRAAD, Martin; and PEDERSEN, Morten Axel (2014). The politics of ontology: anthropological positions. Position paper of the 112th AAA Annual Meeting (2013).